Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Notícias / Celebração de 20 anos de democracia

Celebração de 20 anos de democracia

por Homem João Fernandes última modificação 20/04/2015 20h33
Celebração de 20 anos de democracia

“É preciso reorganizar, reestruturar e redimensionar as forças armadas”

O brigadeiro-general Dalba Na Walna, foi um dos oradores do colóquio “20 anos de democracia: balanço e edesafios”.

Este oficial-general dissertou sob o tema “Forças Armadas no Estado de Direito Democrático: Que reforma?”.

 

Em jeito de introdução começou por referir que a reforma é uma inovação ou renovação de algo. Isto é, uma mudança que se quer positiva e progressiva e que exige, desde logo, que se conheça minimamente os estrangulamentos que a justifiquem. Ou seja, “a reforma não se faz por encomenda, exige a existência das causas objectivas justificantes”.

No entender deste oficial-general, a actual situação das forças armadas da Guiné-Bissau caracteriza-se pelo elevado grau de desorganização a todos os níveis. “Ao nível da organização administrativa somos, talvez, o exemplo único das forças armadas sem um Regulamento da Disciplina Militar (RDM) e de um Código de Justiça Militar bem organizado”.

Falando do conteúdo da reforma, o brigadeiro-general Na Walna considera que a reforma significa a mudança de um status quo, o que significa que “a visão minimalista e simplista que resume a reforma à aposentação ou à substituição do velho pelo novo, não nos convence, tendo em conta que não é o conflito geracional que atormenta as forças armadas, mas a desorganização crónica que assola as suas estruturas como acontece com todo o sector público do Estado”.

 

Quanto aos fins a prosseguir e metas a atingir, este orador propõe que a reforma prossiga os fins próprios do Estado, a saber: de promoção da justiça social e da excelência, de modo a permitir que os mais aptos e dedicados ao trabalho, à disciplina e aos estudos, sejam merecidamente premiados; da igualdade e justiça que afaste todas as formas de discriminação baseadas na cor da pele, pertença étnica, confissão religiosa e estatuto social; da equidade, aceitando o équo e renunciando o iníquo e da cultura da paz no seio da sociedade castrense, por forma a permitir que o país prossiga a sua caminhada rumo ao bem-estar, sem sobressaltos.

Relativamente às metas a atingir destacou a tranquilização da sociedade castrense, a sua submissão ao poder político legalmente constituído, o que se traduz na obediência à Constituição da República e às demais leis e, finalmente, a profissionalização dos seus efectivos, através da formação.

 

No que se refere à missão que umas “novas” forças armadas saídas da reforma devem assumir, o orador referiu que num Estado de Direito Democrático, o compromisso das forças armadas deve consistir na defesa militar do país contra as agressões externas, designadamente a defesa das pessoas e dos seus bens, dos recursos naturais, em suma, a defesa da integridade territorial contra a agressão externa. Para Dalba Na Walna “só um Estado forte, guiado por princípios republicanos, consegue a completa subordinação das suas instituições ao império da legalidade”.

No entanto, esta missão tradicional ou permanente das forças armadas, no entender deste orador, não prejudica a possibilidade de o Estado, em tempo de paz, incumbir outras missões às forças armadas, designadamente coadjuvar a polícia na manutenção da ordem interna; participar na evacuação sanitária, em caso de catástrofes naturais e em outras missões que as entidades competentes acharem pertinentes.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal. Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal. Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

Rádio Legislativa
If your video does not start playing shortly, please ensure that you have JavaScript enabled and the latest version of Adobe Flash Player (http://www.adobe.com/products/flashplayer/) installed.
Audio Player
More…
Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 291

Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.